FANDOM


Hawk Hank Hall and Dove Dawn Granger-2

Rapina e Columba


Hank Hall como Rapina Edit

Atributos

Destreza: 7(4) Força: 6 (4) Corpo: 8 (4)

Int: 4 Vontade: 6 Mente: 5

Infl: 6 Aura: 3 Espírito: 6

Iniciativa: 21 (18) Hero Points:50

PERÍCIAS:

Acrobatics 4 (0), Martial Artist 7 (5) Thief 7 (5) Vehicles 6 (0) Military Science 7 (5) Weaponry 6 (5)

VANTAGENS:

Connections: Novos Titãs (baixa),  Inteligência dos EUA (baixa), Insta-Change, Iron Nerves, Lightning Reflexes


DESVANTAGENS:

Séria Rage, Secret Identity, Loss Vulnerability: Habilidades caem para os valores em parênteses quando injustiça não é presente (sua identidade civil de Hank Hall).


ALTER EGO: Henry (Hank) Hall

OCUPAÇÃO: estudante

MOTIVAÇÃO: Seeking Justice

Riqueza: 4

Rapina (após a morte de T'Charr) Edit

As habilidades de Rapina aumentaram quando o Lorde do Caos T'Charr morreu: Houve um aumento em seus atributos físicos e místicos, bem como a aquisição de alguns Poderes Físicos.

Atributos Edit

Destreza: 9 (4) Força: 10 (4) Corpo: 10 (4)

Int: 3 (4) Vontade: 6 Mente: 5

Infl: 8 (6) Aura: 7 (3) Espírito: 8 (6)

Iniciativa: 24 (18) Hero Points:50

PODERES: Edit

Jumping 2 (0) Regeneration 4 (0) Running 5 (0)

PERÍCIAS:

Acrobatics 4 (0), Martial Artist 7 (5) Thief 7 (5) Vehicles 6 (0) Military Science 7 (5) Weaponry 6 (5)

VANTAGENS:

Connections: Novos Titãs (baixa),  Inteligência dos EUA (baixa), Insta-Change, Iron Nerves, Lightning Reflexes


DESVANTAGENS:

Séria Rage, Secret Identity, Loss Vulnerability: Habilidades caem para os valores em parênteses quando injustiça não é presente (sua identidade civil de Hank Hall).


ALTER EGO: Henry (Hank) Hall

OCUPAÇÃO: estudante

MOTIVAÇÃO: Seeking Justice

Riqueza: 4

Hank Hall como Monarca Edit

Quando Monarca, sua versão do futuro, matou Columba, Rapina o matou em retaliação, tonando-se o novo Monarca.

Atributos

Destreza: 7 Força: 10 (10) Corpo: 10 (15)
Monarch Hank Hall

Int: 5 Vontade: 6 Mente: 5

Infl: 8 Aura: 7 Espírito: 8

Iniciativa: 24 Hero Points:75

PERÍCIAS:

Acrobatics 4, Charisma (Interrogation, Intimidation) 7 Martial Artist 7 Thief 7 Vehicles 6 Military Science 7 Weaponry 6

VANTAGENS:

Iron Nerves, Lightning Reflexes


DESVANTAGENS:

Catastrófica Irrational Attraction em recriar a ordem, Séria Rage, Séria Psychological Instability


ALTER EGO: Henry (Hank) Hall

OCUPAÇÃO: conquistador

MOTIVAÇÃO: Power Lust

Riqueza: 4

Equipamento Edit

ARMADURA {FORÇA 10, CORPO 15, Energy Blast 15, Flight 6, Illusion 7, Mental Freeze 10, Teleportation 10 limitações: Illusion só permite projeção da própria imagem a distância.}



Hank Hall como Extemporâneo Edit

Atributos

Destreza: 7 Força: 4 Corpo: 8
Extant Hank Hall-1

O Extemporaneo foi responsável pela morte de 3 membros da Sociedade da Justiça original

Int: 7 Vontade: 16 Mente: 18

Infl: 11 Aura: 7 Espírito: 10

Iniciativa: 34 (59) Hero Points:120

PODERES

Awareness 10, Control 12, Energy Blast 15, Time Control 25, Postcognition 50, Precognition 50, Self-Link (Time Travel) 50

bonus e limitações: Awareness só permite prever distúrbios na linha temporal. Time Travel permite Time Loop e evocar ou banir pessoas e objetos de/para outros tempos. Control só permite controlar seres que tenham sido evocados via Time Travel.

PERÍCIAS:

Weaponry 8

VANTAGENS:

Iron Nerves, Lightning Reflexes


DESVANTAGENS:

Catastrófica Irrational Attraction em refazer o universo. Nota: Como Extemporâneo, Hall é incapaz de usar seus poderes de Rapina.

ALTER EGO: Hank Hall
Extant

Extemporâneo usa Chronal Blast em Pantera e Sandman (Wesley Dodds), envelhecendo os dois.

OCUPAÇÃO: entidade

MOTIVAÇÃO: Power Lust

Riqueza: 4



Origem Edit

criado por Steve Ditko e Steve Skeates, teve sua primeira aparição nos EUA na revista Showcase nº 75;

Os irmãos Don e Hank, filhos de um juiz, ganharam seus poderes de uma voz misteriosa, passando a se tornar combatentes do crime. A marca da dupla é a oposição entre os dois membros, sendo Hank agressivo, radical, tendendo para o uso da força, justificando assim seu nome de super-herói Rapina, enquanto o pacífico Columba, Don, se mostrava mais confiante na racionalidade e na possibilidade de diálogo, mas sendo também inclinado para a indecisão; a atuação da dupla era desconhecida do pai, mais equilibrado que os filhos em sua visão mas contrário à idéia de intervenção por justiceiros. O primeiro Columba morre na série Crise nas Infinitas Terras ao ser atacado pelas costas por Demônios das Sombras sob o comando do Anti-Monitor enquanto salvava um garoto; seu irmão não pôde fazer nada para salvá-lo. É interessante porque na edição DC Especial n. 03 de fevereiro de 1991, é apresentada uma outra versão da morte do Columba: Na verdade, ele perde os poderes no momento em que um muro está caido sobre ele, quando a sra. Dawn é escolhida pelos Lordes da Ordem para ser a nova Columba. Como conseqüencia, Hank Hall, o Rapina, havia perdido quaisquer refreios em sua violência devido a morte do irmão, chegando mesmo a fornecer armas para dissidentes na Nicarágua.

Nova Columba

Em 1988, uma nova Columba foi introduzida numa mini-serie escrita por Karl e Barbara Kesel. Esta série apresentou uma mulher chamada Dawn Granger, a segunda Columba. Ela recebeu esses poderes misteriosamente quando estava tentando salvar sua mãe das mãos de alguns terroristas. Nesta mini-série, eles souberam melhor os segredos de sua origem: A dupla foi criada devido a um acordo de paz entre os Lordes da Ordem (cujo maior agente é o Senhor Destino) e os Lordes do Caos (servidos, entre outros, por Kid Eternidade). Tal como os citados Sr. Destino e Kid Eternidade, são agentes dos Lorde, humanos imbuídos de poder, mas estão dois níveis abaixo do primeiro e um nível abaixo do segundo. Rapina seria o campeão dos Lordes do Caos, e Columba, campeã dos Lordes da ordem. O Columba original foi visto como um "elo fraco" nessa união pelos Lordes, então eles resolveram desencadear eventos que o mataram. Uma coincidência: a sra. Dawn salvou a mãe da morte em uma explosão provocada por terroristas que estava marcada para o seguinte horário: 9:11 da noite. Ou seja, esta estória, escrita em 1988, previu os atentados terroristas de onze de setembro, que ocorreriam 13 anos depois. Infelizmente, na vida real, o final não foi feliz.

Armageddon 2001


Por algum tempo, Columba apaziguou o coração de Rapina. Em Armageddon 2001, porém, o vilão conhecido como o Monarca retornou à época presente e matou Columba, em seguida revelando-se como uma versão futura de Rapina. O Rapina do presente imediatamente o matou, e tomou sua armadura, cumprindo assim seu destino. Rapina reuniu então os heróis da Terra numa cidade e anunciou ter um detonador duma arma nuclear que poderia matar a todos (incluindo Superman). Rapina/Monarca iria se salvar se teleportando no último segundo para quilômetros dali. O Capitão Átomo, porém, pôde absorver a explosão da bomba. Tamanha a energia, que o Capitão e Rapina/Monarca foram arremessados na era pré-histórica.


Armageddon: Alien agenda

Nesta edição especial que não saiu no Brasil, o Capitão Átomo e Hank Hall frustram uma invasão alienígena na pré-história.

Zero Hora

Hank Hall absorve a alma de Columba e os poderes de Tempus e se torna o Extemporâneo, um ser com poderes cronais. Maiores detalhes em Zero Hora.



Então...


Após Zero Hora, Extemporaneo volta mais uma vez  em 1999  ", Impulse: Bart Salva o Universo". Nele, Extant luta com a Sociedade da Justiça original, como um meio de enganar os Homens Lineares em salvar a vida de um inocente espectador que estava destinado a morrer. O homem que salvo passa a desenvolver uma arma nuclear que, quando testada, mudaria a Terra fora de sua órbita adequada, causando grandes mudanças nos cronogramas de alguns dos maiores heróis da Terra. Entre essas mudanças, nunca Hal Jordan se torna o Lanterna Verde, assim ele nunca se torna Parallax, e nunca pára Extant de destruir todos os tempos. Felizmente para os cidadãos de tempo, Impulse chega e a duras penas derrota Extant e previne os Homens lineares de salvar o cientista condenado. Ele iria se envolver com a Sociedade da Justiça novamente em uma data posterior, como ele procurou  adquirir o poder que distorce a realidade do Worlogog, recentemente desmantelado pelo Homem-Hora andróide porque temia o seu poder. Embora Extant conseguiu seu objetivo com a ajuda da Poltrona Mobius roubada de Metron , Senhor Destino IV aprendeu com Mordru que quando Hourman desmantelou o Worlogog, ele tinha mantido um pequeno fragmento do mesmo, criando assim uma falha infinitesimal no Worlogog que a SJA poderia explorar. Após a ressuscitada Columba se sacrificar para distrair Extemporâneo, Hourman dividiu sua Hora do Poder entre os seus companheiros de equipe, garantindo assim todos eles imunidade a Extant  e os poderes que distorcem a realidade por quatro minutos, cada um deles atacando-o em um plano temporal diferente, até que foram capazes de separar ele do Worlogog. Após este revés, Extant novamente tentou escapar. Em vez disso, Extant foi teletransportado por Hourman e Metron, a mando de Esmaga-Átomo no banco de um avião cuja queda Kobra havia causado. Como resultado disso, a mãe de Esmaga Átomo foi salva (como ela estava no avião quando caiu), mas o herói substituiu sua mãe com um Extant enfraquecido, salvando sua vida, mas assassinando o super vilão para parar a sua ameaça e garantir o mesmo número de pessoas morreu no avião que havia morrido originalmente.

Restaurado

Em resposta a crítica dos fãs sobre Armagedom 2001, cujos leitores sentiram que o personagem de Rapina tinha sido gravemente usurpada, Armageddon da história mudanças de última hora 2001 # Resposta e mudanças de última hora, a DC Comics começou a restaurar o personagem como ele tinha sido originalmente destinado, um herói. DC já havia retconned Extant de parte da linha do tempo Hank Hall na edição 14 da SJA, datado de Setembro de 2000, em que Metron anunciou sua intenção de apagar "linha do tempo miserável" do vilão com sua cadeira Mobius. Esta foi a segunda edição de uma história em 3 partes, intitulado The Hunt for Extant!, (Cujos detalhes estão listados acima). Depois disso, DC também retconned parte Monarch de cronograma Hall, com a edição final da minissérie em 6 partes The Battle for Blüdhaven, datado de Setembro de 2006, que agora representado transformação Capitão Átomo em Monarch, como tinha sido a intenção original da DC em 1991. Rapina foi restaurado, mas ele não quis ser revivido até a edição final de Noite Mais Densa.

 

Injustice Society 01
Vilã(o) da Sociedade da Justiça
Dchlogo

O (A) personagem é (ou foi) primariamente um(a) inimigo(a) da Sociedade da Justiça, em quaisquer das várias encarnações do grupo. Este template deve categorizar artigos inclusos na categoria "Vilões da Sociedade da Justiça."

Community content is available under CC-BY-SA unless otherwise noted.