FANDOM


Esta é a versão Pós-Crise da personagem que integrou a Sociedade da Justiça na Era de Ouro. Para a versão Pré-Crise, veja Canário Negro (Pré-Crise). Para sua filha, veja Canário Negro II.

AtributosEdit

Destreza: 7 Força: 4 Corpo: 5

Black-canary

Int: 6 Vontade: 5 Mente: 5

Infl: 6 Aura: 6 Espirito: 5

Iniciativa: 21 Hero Points: 75

(*)=linked

Perícias:Edit

Acrobatics 5, Artist (disguise) 6*, Detective 4, Martial Artist 7*, Weaponry (firearms) 7*, Thief (stealth) 7*, Vehicles 7*


vantagens:Edit

Connections: Sociedade da Justiça (alta), Intensive Training, Iron Nerves, Lightning Reflexes


desvantagensEdit

Dark Secret (affair com Starman), Married (Larry Lance), Secret Identity


Nome real: Dinah Drake Lance

Motivação: Seeking Justice

Ocupação: florista

Riqueza 5


EquipamentoEdit

MOTOCICLETA {Corpo 6, Força 5, Running 6, R#2}

Dentro de seu amuleto, Canário geralmente carregava alguns apetrechos:

  • Cápsulas de fumaça {Fog 8}
  • Cápsulas de gás lacrimogenico {Chemical Attack 7, limitação: só causa cegueira temporária.}
  • Lente incandescente {Corpo 1, Laser Beam 4, limitação: a Laser Beam nada mais é do que raios concentrados do sol focalizados na lente.}

Histórico Edit

Dinah tinha sido treinada por seu pai, o detetive Richard Drake e que ela pretendia seguir seus passos trabalhando no departamento de polícia de Gotham. Mas, pouco tempo depois, seu pai morreu devido a uma complicação cardíaca e, para honrar a memória de seu pai, Dinah decidiu combater o crime como uma vigilante uniformizada.

Durante suas aventuras, Canário Negro freqüentemente se infiltrava em gangues para atacá-los de dentro e, graças a essa habilidade, ela acabou conhecendo Johnny Trovoada. Depois de conhecer Johnny, Dinah logo entrou para a Sociedade da Justiça.

Dinah I casou-se com Larry Lance. Poucos anos depois, eles tiveram uma filha, chamada Dinah Laurel Lance. A garota cresceu rodeada pelos amigos ex-SJA de sua mãe e, para ela, eles eram seus tios e tias. Conforme Dinah foi crescendo, ela sentiu uma vontade muito grande de tornar-se uma heroína uniformizada, assim como sua mãe, “tios” e “tias” tinham sido no passado.

Ao invés de encorajar Dinah, sua mãe tentava desencorajá-la, afirmando que o mundo tinha se tornado mais sombrio e muito mais perigoso do que era na época em que ela combatia o crime. Dinah, entretanto, nasceu com algo que a mãe dela nunca teve: um poderoso grito sônico, capaz de estilhaçar objetos. Mais tarde, descobriu-se que esse poder era oriundo do meta-gene que Dinah possuía. Especulava-se que esse meta-gene poderia seria resultante de toda a exposição a energias místicas que a mãe de Dinah esteve exposta em todos os seus anos na SJA e serviço de Enfermagem em laboratórios meta-humanos.

Dinah morreu devido a um envenenamento pela radiação a qual ela foi exposta, anos antes, na luta contra Aquarius. Esse acontecimento afetou sua filha profundamente e a levou a crer que seu tempo na LJA havia acabado.

Community content is available under CC-BY-SA unless otherwise noted.